(11) 3090-1237 [email protected]
Escolha uma Página

Os problemas no WordPress podem ser mais comuns do que você imagina. Apesar do uso fácil e intuitivo, a plataforma não está livre de erros – e alguns deles podem atrapalhar o seu dia a dia.

Esses erros parecem complicados, em parte por conta dos códigos numéricos, ou pelos complicados termos em inglês. Mas acredite: a maioria desses problemas no WordPress é simples de resolver.

A publicação de hoje traz os mais comuns problemas no WordPress e suas soluções! Pronto para se tornar mais independente no CMS mais usado no mundo?

Lembramos que, primeiramente, antes de fazer mudanças de impacto no seu site, é importante fazer um backup dos arquivos. Assim, você fica com uma cópia do conteúdo caso algo dê errado.

Se o problema for resolvido e não gerar mudanças no seu site, basta limpar o cache do navegador.

Erro Interno de Servidor: um dos problemas no WordPress mais comuns.

Conhecido também como 500 internal server error, o Erro Interno de Servidor é um dos problemas mais comuns no WordPress. Além de corriqueiro, é um erro confuso. Diversos elementos do site podem causá-lo, a ponto do próprio WordPress não ser capaz de identificar sua origem.

Mas nós conseguimos!

A causa deste problema no WordPress é, normalmente, um arquivo .htaccess corrompido, bem como plugins e temas com erros de compatibilidade.

Para corrigir o problema, faça o seguinte: acesse o diretório raiz pelo protocolo FTP e renomeie o arquivo .htaccess. Recarregue o site e confirme se o problema foi corrigido.

Caso sim, resete seu permalink criando um novo arquivo .htaccess pelo caminho Configurações Permalinks.

O problema persiste? Sendo assim, pode vir de um plugin ou tema com erros de compatibilidade. Para corrigir, você pode, por exemplo:

  • Retornar ao tema anterior ao problema.
  • Desativar todos os plugins via FTP e, em seguida, reativar um a um, até identificar o que originou o problema.

Não conseguiu resolver o problema ainda? Bem, nesse caso, recomendamos a reinstalação do WordPress para que possa criar novas pastas /wp-admin e /wp-includes. Isso deve corrigir o problema!

Outro problema no WordPress: 403 Forbidden Error.

Os visitantes podem se deparar com esse problema quando tentam acessar qualquer página do seu site. Além disso, você mesmo pode ver essa mensagem de erro quando tenta acessar a tela de login do WordPress.

Esse problema no WordPress pode ser causado, por exemplo, por:

  • Plugins de segurança configurados incorretamente;
  • Arquivos .htaccess corrompidos;
  • Permissões incorretas de arquivos;
  • Mudanças acidentais causadas pela empresa de hospedagem.

Para resolver esse problema no WordPress, identifique sua origem. Se vem do arquivo .htaccess, já explicamos como resolver no tópico acima.

Caso o erro persista, revise os plugins de segurança. Eles podem bloquear certos IPs, o que impede o acesso à página. Não resolveu? Sendo assim, contate a empresa que hospeda seu site. Eles acessam os arquivos de permissão e, com isso, confirmam se não tem nada de errado com eles.

Um dos problemas no WordPress mais temidos: a tela branca da morte (WSoD)!

A White Screen of Death (WSoD) não passa de uma tela em branco, sem informações. Usualmente, PHP bem como erros na base de dados causam esse problema.

Além disso, outras razões são incompatibilidade de plugins e temas. Aliás, falando nisso, diretórios de temas perdidos ou renomeados também causam esse problema.

Para resolver, use a mesma dica do primeiro problema com plugins. Desative todos e, em seguida, reative um a um. Dessa forma, você encontra o plugin problemático e avisa seu desenvolvedor.

Temas são o problema? Nesse caso, acesse o painel de controle e procure pela pasta /wp-content/themes/. Depois, basta ativá-lo.

Não conseguiu resolver ainda? Sendo assim, a última dica é acessar wp-login.php ou /wp-admin/ como administrador. Dessa forma, você verifica o tipo de mensagem de erro. Geralmente, ela mostra a origem do problema.

Se o problema aparece para você, faça o seguinte: mude o tema da página de login. Além disso, você pode renomear o diretório de temas ou editar os dados theme e stylesheet em wp_options.

Prevenir é melhor que remediar.

Não quer se deparar com esses problemas? Basta:

  • Manter seus plugins e temas atualizados.
  • Ficar de olho no arquivo .htaccess.
  • Manter o site seguro.

Por fim, mas não menos importante, tenha o devido cuidado com a empresa que hospeda seu site. Ela faz toda a diferença!

Sobre a ServCloud

A ServCloud é uma empresa de hospedagem de sites que oferece uma variedade de produtos na nuvem que incluem serviços de hospedagem de sites, Cloudrevenda de hospedagem, VPS e Servidores Dedicados. Não encontrou um produto que atenda sua necessidade? Entre em contato com nossa equipe que teremos o prazer em ajudá-lo(a). A ServCloud vem se destacando no mercado de hosting por oferecer um atendimento diferenciado utilizando não só os meios convencionais de atendimento como gerente de contas por whatsapp em planos Cloud – hospedagem e revenda.

Share This